Arroz Doce Low Carb de Couve Flor

Arroz Doce Low Carb

Arroz doce low carb de couve flor – A couve-flor te ajuda a perder peso e é incrivelmente fácil de adicionar à sua dieta low carb. Um vegetal extremamente saudável e uma fonte significativa de nutrientes. Também contém compostos vegetais únicos que podem reduzir o risco de várias doenças, incluindo doenças cardíacas e câncer.

Arroz doce low carb de couve flor | Ingredientes

  • 100g de couve flor.
  • 1,5 pote de 200ml de leite de coco.
  • canela em pau e em pó.
  • (opcional) adoçante natural ou mel à gosto.

Arroz doce low carb de couve flor | Modo de fazer

Rale o couve flor em um processador, de forma que fique do mesmo tamanho que grãos de arroz.

Em uma panela média, esquente em fogo médio a mistura de couve flor com leite de coco.

Coloque a canela em pau e mexa de vez em quando até ferver.

Depois de ferver, mexa com mais frequência, usando uma colher de pau.

Adicione o adoçante natural (se preferir).

Desligue o fogo quando o leite de coco tiver engrossado.

Distribua o arroz doce em tigelas e polvilhe a canela em pó por cima.

Veja Também:

Arroz Doce Low Carb

Arroz doce low carb de couve flor | Benefícios

Descobriu-se que o consumo de frutas e vegetais de todos os tipos reduz a chance de desenvolver muitas condições adversas de saúde. Descobriu-se que comer mais alimentos vegetais, como a couve-flor, diminui o risco de obesidade , diabetes , doenças cardíacas e mortalidade geral, ao mesmo tempo que promove uma aparência saudável, aumenta a energia e, em geral, reduz o peso.

Digestão

Couve-flor é rica em fibras e água. Ambos são importantes para prevenir a constipação , manter um sistema digestivo saudável e reduzir o risco de câncer de cólon .

Estudos mostraram que a fibra alimentar também pode ajudar a regular o sistema imunológico e a inflamação . Como resultado, isso poderia ajudar a diminuir o risco de doenças relacionadas à inflamação, como doenças cardiovasculares, diabetes, câncer e obesidade.

Um consumo elevado de fibras tem sido associado a um risco significativamente menor de desenvolvimento:

  • doença coronariana
  • acidente vascular encefálico
  • hipertensão
  • diabetes
  • obesidade
  • certas doenças gastrointestinais

Uma maior ingestão de fibras parece ajudar a reduzir a pressão arterial e os níveis de colesterol , melhorar a sensibilidade à insulina e aumentar a perda de peso para as pessoas com obesidade.

Câncer

A couve-flor contém antioxidantes que ajudam a prevenir mutações celulares e reduzem o estresse oxidativo dos radicais livres.

Um desses antioxidantes é o indole-3-carbinol ou I3C, comumente encontrado em vegetais crucíferos, como repolho, brócolis e couve-flor. Foi demonstrado que reduz o risco de câncer de mama e reprodutivo em homens e mulheres.

Nos últimos 30 anos, comer mais vegetais crucíferos tem sido associado a um menor risco de câncer de pulmão e cólon.

Estudos sugeriram que compostos contendo enxofre, conhecidos como sulforafano, podem ajudar a combater diferentes tipos de câncer. Sulforafano é o que dá aos vegetais crucíferos sua mordida amarga.

Os pesquisadores dizem que o sulforafano pode inibir a enzima histona desacetilase (HDAC), conhecida por estar envolvida na progressão das células cancerígenas.

Os cientistas estão estudando o sulforafano para ver se ele pode atrasar ou impedir o câncer. Até agora, tem havido resultados promissores para câncer de melanoma , esôfago, próstata e pâncreas .

Se os alimentos que contêm sulforafano podem inibir as enzimas HDAC, eles podem ser usados como parte do tratamento do câncer no futuro.

Memória

A colina é um importante e versátil “fator semelhante à vitamina” na couve-flor, que ajuda no sono, no movimento muscular, no aprendizado e na memória.

Também ajuda a manter a estrutura das membranas celulares, auxilia na transmissão de impulsos nervosos, auxilia na absorção de gordura e reduz a inflamação crônica.

Ossos fortes

Um baixo consumo de vitamina K tem sido associado a um maior risco de fratura óssea e osteoporose .

O consumo de vitamina K pode melhorar a saúde óssea, agindo como um modificador das proteínas da matriz óssea, melhorando a absorção de cálcio e impedindo a excreção de cálcio na urina.

Circulação saudável

Descobriu-se que uma alta ingestão de fibras reduz o risco de problemas cardiovasculares.

As pessoas que tomam suplementos de cálcio podem estar em risco de acumulação de cálcio nos vasos sanguíneos, mas tomar vitamina K com cálcio pode diminuir as chances de isso acontecer.