Receita canja de Galinha Low Carb

Receita canja de Galinha Low Carb

Receita canja de galinha low carbPratos princiapis low carb – A canja tráz benefícios inúmeros, pois seu ingrediente principal é o frango, carregado com nutrientes importantes para a saúde humana; tanto que chegou a ser estudada pela ciência devido sua eficácia no combate a gripes e resfriados.

Receita canja de galinha low carb – Ingredientes

  • 500 gramas frango desfiado ou em cubinhos
  • 2 cenouras médias cortadas em cubos
  • 1 cebola cortada em cubos
  • 2 dentes alho amassados
  • 1 couve-flor
  • 2 litros água
  • 0,5 xícara (chá) salsinha picada
  • a gosto Sal
  • a gosto Pimenta do reino

Leia Também

Receita canja de galinha low carb – Modo de preparo

Em uma panela, junte a água, a cebola, o alho e a cenoura picada.

Pique a couve flor em pedacinhos bem pequenos, inclusive o caule.

Quando a cenoura estiver macia, junte a couve flor e o frango desfiado.

Tempere com sal e pimenta e espere cozinhar bem.

No final, adicione a salsinha.

Receita canja de galinha low carb – Dicas

Pode trocar a couve flor por 1 xícara de arroz integral cozido, mas a receita ficará mais calórica.

Receita canja de galinha low carb – Benefícios

Em um estudo de 2000 publicado na revista do Colégio Americano de Médicos Torácicos , os pesquisadores descobriram que a sopa de frango poderia ajudar a reduzir a inflamação do trato respiratório superior, o que leva àquelas qualidades irritantes de um resfriado, como uma cabeça entupida e espirros incessantes. Muitos médicos acreditam que os resfriados são causados ​​por infecções virais. O corpo responde a essas infecções enviando glóbulos brancos para se encarregarem, embora eles não sejam realmente eficazes em matar o vírus. Em vez disso, eles levam a esses sintomas que fazem você se sentir mal.

Stephen Rennard, MD, Larson Professor de Medicina na Universidade de Nebraska Medical Center e um dos líderes do estudo, descobriu que menos glóbulos brancos tentaram ser heróis quando o corpo tinha sopa de galinha em seu sistema. A sopa tinha uma capacidade “muito modesta, mas claramente mensurável” de promover uma atividade anti-inflamatória, explicou em um vídeo da UNMC sobre a pesquisa (veja aqui ). Ainda mais, os fluidos – não específicos da sopa – soltam o congestionamento e suportam a hidratação .

Ainda assim, mesmo 14 anos depois, Rennard não tem certeza de qual ingrediente exato em uma refeição transmitida pela avó ativou a “cura”. “Alimentos comuns têm muitas coisas que têm essas atividades biológicas”, disse ele ao The Huffington Post por telefone. “Meu palpite é que o mundo está repleto de muitas coisas que são medicinalmente ativas – mas não tenho certeza.”